A Heartbreaking Work of Staggering Genius

by outrasluzes

ahwosg

Decidi abrir um tópico onde falarei da minha experiência de leitura de A Heartbreaking Work of Staggering Genius, de Dave Eggers (2000).

Nas primeiras páginas da primeira obra publicada do escritor, AHWOSG, surgem Regras e Sugestões para desfrutar do livro. Curiosas e carregadas de humor. Vejamos um pequeno resumo de cada ponto.

1. Não há necessidade de ler o prefácio. Segundo o autor, este foi criado para si. Diz ainda que, se o leitor chegar ao final do livro e não tiver mais nada para ler, então poderá fazê-lo. Brilhante. É claro que a primeira coisa que li foi precisamente o prefácio.

2. Não há necessidade de ler a secção de agradecimentos. Os leitores que sugeriram a sua remoção foram derrotados. Dave Eggers pede desculpa a quem leu essa secção sem ter lido o aviso. Brilhante de novo. Ainda não li a secção de agradecimentos.

3. Podemos passar à frente do índice do livro, se nos faltar tempo.

4. Podemos também saltar, sem qualquer prejuízo, o que está entre as páginas 239 e 351. Essa parte diz respeito à vida de jovens no início dos seus vinte anos, época de vida desprovida de interesse, segundo o autor.

5. Os primeiros três ou quatro capítulos não devem ser dignos da atenção do leitor, o que nos coloca na casa de partida algures pela página 123.

6. Daí para a frente o livro é como que irregular.

Depois de ter lido as regras e sugestões, Rules and Suggestions for Enjoyment of this Book, fiquei com uma curiosidade enorme por esta obra.

PREFÁCIO

O prefácio coloca-nos perante explicações sobre as partes ficcionadas do livro. AHWOSG não é uma obra ficcionista, mas antes uma memória do autor que nos descreve a educação do seu irmão mais novo, educação essa dada pelo próprio Dave Eggers após o falecimento de seus pais. O prefácio versa sobre os seguintes pontos:

Diálogo, Personagens e suas características, Locais e temporalidade, Uma nota sobre Columbine e Omissões.

E vale bem a pena ler o prefácio, o que estou a fazer neste momento, já no ponto das omissões.

Extraído e traduzido por mim:

“Algumas cenas fantásticas de sexo foram omitidas, a pedido daqueles que agora são casados ou envolvidos. Também removida foi uma fantástica cena – cem por cento verdadeira – protagonizada por quase todas as personagens principais do livro e uma baleia.”

A continuar…

Anúncios