Pedro Páramo

paramo1.jpg

Estou a preparar-me para ler Juan Rulfo. Melhor dizendo, Pedro Páramo. Já adquiri este livro há uns meses, mas ainda não o li. Estou a adiar esse momento, como quem adia o que não quer ver acabado. Entretanto, vou acabando alguns outros que ainda resistiam na minha biblioteca. Da Cidade Nervosa, de Vila-Matas e Diari de Paul Klee. No passado sábado, fui comprar outro Pedro Páramo, para oferta. Não sei se já o leram. O meu, está ali bem à vista. À espera que o leia.

Anúncios
Pedro Páramo

2 pensamentos sobre “Pedro Páramo

  1. João Ventura diz:

    «Vine a Comala porque me dijeron que acá vivía mi padre, un tal Pedro Páramo. Mi madre me lo dijo. Y yo le prometí que vendría a verlo en cuanto ella muriera. Le apreté sus manos en señal de que lo haría, pues ella estaba por morirse y yo en un plan de prometerlo todo». Depois deste começo, diz Susan Sontag, ficamos cativos deste narrador que vai incendiar a planície com a sua escrita onde nada, rigorosamente nada, está a mais.

  2. Fokas diz:

    Viktor,

    Só agora cheguei ao teu blog…mas o Pedro Páramo é impredível!!!Aproveita o fim de semana (até porque não vais querer parar..)e até dia 14 na Livraria de Portucalis para mais uma sessão de leitura sobre o Admirável Mundo Novo!
    Aquele abraço!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

w

Connecting to %s