o meu primeiro trabalho

by outrasluzes

A sombra ilumina-me o rosto e provoca-me uma felicidade tonta. Não consigo parar de esconder o esboço de sorriso desde que ela apareceu, rompendo a manhã fria e húmida deste Inverno tenro, quando ainda a terra bebe as primeiras gotas de chuva. Há raios de luz que atravessam a neblina como agulhas perfurando algodão, esbarrando no vidro translúcido da janela do meu estúdio, onde, por estas horas, tento começar o meu primeiro trabalho.

Anúncios